Répteis e a nossa saúde

Alguns répteis, principalmente cágados e tartarugas, têm sido utilizados como alimento pelo homem. O mesmo tem acontecido com os ovos de tartarugas.
Como uso na alimentação chegou a comprometer a existência desses animais, houve necessidade de proibição legal da sua captura. Hoje no Brasil, é proibido caçar tartarugas e cágados.
O mesmo é válido para os jacarés. Embora também sejam utilizados como alimento, a principal causa do enorme ataque do homem aos jacarés é a comercialização da pele, de alto valor econômico.
Quando à agressão direta dos répteis à saúde humana, ela é representada pela inoculação de veneno realizada pelas cobras venenosas.
Os dentes da cobra não-venenosas são todos muitos parecidos entre si, mas a cobra venenosa possui oos ‘‘dentões de veneno”, que são diferentes dos demais. Eles possuem um canal ou um sulco, através do qual é injetado o veneno quando a cobra morde.
Os dentes de veneno geralmente situam-se na porção anterior da boca, mas podem estar também na região posterior.
As cobras que possuem dentes de veneno anteriormente são as que têm mais facilidade de injetar o veneno, como acontece com a cascavel, a jararaca e a urutu.

veneno de cada tipo de cobra tem características próprias e. assim, ois efeitos que produzem não são iguais.
De um modo geral, no entanto, os venenos podem agir de duas formas:
Ação local: causam grande dor e podem provocar a necrose dos tecidos, ao redor da mordida;
Ação geral: São levados pelo sangue e afetam o sistema nervoso, que controla todas as nossas funções. Duas funções que logo safrem a ação do veneno são a circulação e a respiração.

As mordidas de cobras venenosas são muito graves e podem causar a morte.

Postado por Karen Alves

Deixar um comentário

Curta no face

Receba resumos pelo e-mail

Coloque aqui o seu endereço de e-mail e receba nele explicações e resumos de matérias: