Categoria: | Explicações, Química, Resumos

Química: Concentração das soluções

Aula de Química: Concentração das soluções

Ao modo de relacionarmos porções de soluto e solvente ou soluto e solução, chamamos concentração.

A seguinte conversão será adotada:
Índice 1 = soluto
-Índice 2 = solvente
– Sem índice = solução

m=m1+m2

A massa da solução é a soa das massas do soluto e do solvente

Concentração Comum ©:

Indica a massa de soluto (m1) presente em uma unidade de volume da solução (V).

C= m1/ v unidade usual = g/2

Título em massa (T) e porcentagem em massa (P):

Relação entra as massas do soluto (m1) e da solução (m1+ m2).

T= m1 / m ou T= m1/m1+m2

É expresso sem unidade, todavia a unidade recomendada seria gramas de soluto por gramas de solução.
Por ser uma relação entre massas, seu valor está compreendida entre zero e um, e quando multiplicado por 100, nos dá a porcentagem em massa do soluto na solução.

P= T.100

Densidade (d):

É a massa da solução por unidade de volume da solução.

d= m/ v unidade usual: g/L

Concentração molar ou molaridade (m):

É dada pela relação entre número de mols de soluto e o volume da solução.

m= n1/V sendo n1=m1/M1, temos:

m=m1/ M1.V unidade usual: mol/L

Concentração em partes por milhão (PPm):

Indica a participação do soluto por milhões de partes da solução e pode ser relacionada a massa, volume, mol, etc.

Muita utilizada na verificação da qualidade do ar, águas, avaliação de ambientes de trabalho, pureza de substâncias, etc.

Massa = ppm = m1 (Mg,mg,g) / m2(g,kg, t):
Unidades : Mg/g; mg/kg;g/t

Volume = ppm = V1 (ml, cm3) / v2 (m3)
unidade: ml/m3 ou cm3/ m3

Fração molar de soluto e de solvente (x)

é a relação entre o número de mols do componente da mistura (soluto ou solvente) e o número toral de mols.

x1=n1/ n ou x1= n1 / n1+ n2

para o solvente:

x2= n2/ n ou x2 = n2/ n1+ n2

Título

T= m1/m ou T = m1/m1+m2

exemplo: Em um frasco de soro fisiológico temos as seguintes informações:
V= 500 ml; m= 500 g } solução de Nacl a 0,9% em massa.

qual massa de Nacl presente no soro fisiológico?

p= T.100
0,9= T.100
T= 0,9/ 100
T= 0,009

T= m1/m
0,009= m1/500
m1= 0,009x 500
m1= 4,5g de NaCl

Densidade:

d=m/V

exemplo: num frasco de ácido sulfúrico tem-se a seguinte informação:

Qual massa de H2SO4 em 1L de solução?

d=m/V
1,34= m/ 1000

m= 1340g de H2SO4

Molaridade (m):= n1/V ou m = m1 / M1. V

Exemplo: Determine a massa de NaCl existente em um galão de 5 litros contendo água do mar.

Dados: MNaCl=58,5g/mol; m= 0,4 mol/l
m= m1/M1.V

0,4= m1/ 58,5.5

m1= 0,4. 58,5.5

m1= 117g

Postado por Karen Alves

Um comentário para “Química: Concentração das soluções”

  1. roberta disse:

    muito obrigado pela postagem me ajudou
    muito em um trabalho da escola valeu .

Trackbacks/Pingbacks


Deixar um comentário

Curta no face

Receba resumos pelo e-mail

Coloque aqui o seu endereço de e-mail e receba nele explicações e resumos de matérias: