Platelmintos – Ciências

Vermes chatos

O povo costuma chamar de verme a vários animais que têm o corpo alongado e de pequena espessura, Alguns desses vermes são cilíndricos; outros são achatados.
Vermes chatos ou platelmintos. Eles distribuem-se por três grupos: turbelários, trematódeos e cestóides.

Exemplos: 
Turbelário = planária
Trematódeo = Esquistossomo
Cestóide = Solitária

Turbelários 

O principal representante dos turbelários é a planária.
planária é um animal de vida livre, isto é, um animal não-parasita. Ela não possui ventosas, ao contrário de alguns platelmintos parasitas. As ventosas são formações que se destinam a fixar o animal no hospedeiro.
planária possui boca situada na região mediana do corpo. É um animal hermafrodita, isto é, cada indíviduo possui órgãos dos dois sexos. Assim, cada planária produz células masculinas (espermatozóides) e células femininas (óvulos).

Apesar disso, para as planárias se reproduzirem sexualmente há necessidade de dois.
Elas se unem pela região posterior do corpo, formando ovos. Os ovos darão origem a novas planárias.

As planárias também reproduzem assexuadamente, por bipartição: seu corpo divide-se em dois, e cada parte forma uma planária inteira.
podemos até mesmo cortar uma planária em alguns pedaços, que cada um deles regenera o resto do corpo.

Trematódeos e Cestóides

Os trematódeos e os cestoides são platelmintos parasitas. Vivem em outros animais, retirando deles os alimentos de que necessitam.
No Brasil, é especialmente importante um trematódeo chamado esquistossomo, que causa a esquistossomose.
OS esquistossomos são animais de sexos separados, isto é, existem o macho e a fêmea. Os machos possem um sulco longitudinal no corpoo onde a fêmea se aloja.

Os principais cestoides são as tênias, que são parasitas do intestino humano. São chamadas de solitárias, porque geralmente estão sozinhas; quando há uma tênia no intestino, não se desenvolve outra.
corpo da solitária pode atingir vários metros de comprimento. É achatado e dividido em vários segmentos, chamados proglótides. Na cabeça, a solitária possui ventosas e ganchos, formações usadas para fixação no intestino.

—–

Postado por Karen Alves

Um comentário para “Platelmintos – Ciências”

  1. yasmin disse:

    Poxa me ajudou bastatante muito obrigado!!!

Trackbacks/Pingbacks


Deixar um comentário

Curta no face

Receba resumos pelo e-mail

Coloque aqui o seu endereço de e-mail e receba nele explicações e resumos de matérias: