FAÇA A SUA PERGUNTA A RESPEITO DE QUALQUER DISCIPLINA ESCOLAR OU UNIVERSITÁRIA. ESTÁ DIFÍCIL FAZER O TRABALHO? ENTÃO PERGUNTE!

Enviar pergunta

História- A Revolução de 1930

No fim do período de Washington Luiz apresentaram-se candidatos à sucessão: Julio Prestes de Albuquerque, Presidente do Estado de São Paulo (apoiado pelo governo) e Getúlio Dornelles Vargas, governador do Rio grande do Sul.
Realizadas as eleições, saiu vencedor o candidato oficial (Júlio Prestes). A aliança Liberal,Partido que apoiava Vargas, não se conformou com o resultado. Em julho de 1930, foi assassinado por João Dantas, em Recife, João Pessoa, companheiro de chapa de Vargas. Em 3 de outubro de 1930, recebeu e vários pontos do país (RS, PB, MG) um movimento revolucionário. O nordeste foi dominado por Juares Távora.
Em 24 de outubro, oficiais-generais do Exército e Marinha, depuseram o presidente, que foi preso para o Forte de Copacabana, depois exilado na Europa. Organizou-se, então, uma Junta Governativa (Junta Pacificadora) constituída dos Generais Augusto Tasso Fragoso, Presidente; João de Deus Mena Barreto e do Almirante Isaías de Noronha. Esta junta a 3 de novembro entregou o poder a Getúlio Vargas.

Ditadura de Vargas (1930 à 1934)

Foi revogada a constituição de 1891. Os Estados passaram a ser governados por interventores nomeados pelo governo central (alguns jovens tenentes do exército inaugurando, assim o ”Tenentismo”)
Foram criados dos novos Ministérios: Educação e Saúde e trabalho, Indústria e comércio.
Fes-se uma reforma no ensino secundário (Francisco Campos). Apareceram as primeiras leis de proteção ao trabalhador (Lindolfo collor- MInistro Trabalho).
Em 09 de julho de 1932, receitou a Revolução Constitucionários era ”tudo pela constituição”. Foi liderada pelo General Isidoro Dias Lopes e pelo Coronel Euclides de Figueiredo. Foi elaborado o Código Eleitoral, estabelecendo-se o voto secreto extensivo as Mulheres (1932). Foram realizadas eleições para a Assembleia constituinte que ao se reunir, foi presida pelo Deputado Antônio Carlos. Em 16 de julho de 1934 , foi promulgada a constituição.

Período Constitucional (1934 à 1937)

A Constituição de 16 de julho de 1934

Continuava a República Federativa com algumas inovações, entre as quais deixava de existir o cargo de vice-presidente da república e passava a existir uma bancada classista.
A nova constituição sofreu influências da constituição alemã de Weimar, deixando o Brasil de ser uma democracia liberal, passando a ser uma democracia social, ampliando-se a atividade do governo no campo da economia. Com ela foram instituídas a Justiça do Trabalho, o salário-mínimo, a nacionalização das empresas, a função social da propriedade privada, o sindicalismo, a representação profissional no congresso e o intervencionismo estatal.
O prefeito do Distrito Federal passou a ser eleito pelo povo (Pedro Ernesto foi o único eleito). Getúlio Vargas , foi eleito pelo congresso para governar até 1938. O congresso elaborou algumas leis. entre as quais a que estabeleceu o salário-mínimo para todo o país.

A Intentona Comunista de 1935 

Com a aliança Nacional Libertadora colocava fora da lei, alguns oficiais do Exército revoltaram-se no Rio de Janeiro, pernambuco e Rio Grande do Norte em 27 de novembro de 1935- foi a revolução comunista. O movimento foi de elado devido às medidas do ministro da Guerra Generam João Gomes Ribeiro. O lema dos revolucionários era ”pão, terra e Liberdade”. Em 1936, Frankin Delano Rooservelt visitou o Brasil.

O Golpe de Estado de 1937 

Na Campanha para o sucesso presidencial surgiram os candidatos: José Américo de Almeida, antigo Ministro da viação no Governo Provisório, apoiado pela maioria dos governadores estaduais: o Dr. Armando Sales de Oliveira, Ex-interventor de São Paulo, apoiado pela União Democrática Brasileira e Plínio Salgado, Chefe da Ação Integralista Brasileira.
Em 10 de novembro de 1937, o Presidente Getúlio Vargas, apoiado pelas classes armadas, chefiou um Golpe de Estado. Dos Ministros,, apenas Odilon Braga, da Agricultura, discordou. O Congresso foi dissolvido e revogara a constituição de 1934. O pretexto para esse gole era a ameaça de guerra de 1937, foi Outorgada uma carta Constitucional, redigida com o auxilio do Ministro de Justiça, Francisco Campos. Foi organizado o Estado Corporativo chamado Estado Novo.

Postado por Karen Alves
Compartilhar no facebook
História

Deixar um comentário

Curta no face

Receba resumos pelo e-mail

Coloque aqui o seu endereço de e-mail e receba nele explicações e resumos de matérias: