Categoria: | Biologia, Explicações, Resumos

FAÇA A SUA PERGUNTA A RESPEITO DE QUALQUER DISCIPLINA ESCOLAR OU UNIVERSITÁRIA. ESTÁ DIFÍCIL FAZER O TRABALHO? ENTÃO PERGUNTE!

Enviar pergunta

Bioquímica celular (Carboidratos) – Biologia

Biologia- Bioquímica celular (Carboidratos)

Os carboidratos, também conhecidos como hidratos de carbono ou glicídios, são compostos orgânicos geralmente constituídos por átomos de carbono ©, hidrogênio (H) e oxigênio (O). Normalmente usados como fonte de energia pelos seres vivos, podem também ter função estrutural, participando, por exemplo, da constituição dos ácidos nucleicos e da organização da parede celular das células vegetais.
Os carboidratos podem ser divididos em três grandes grupos: monossacarídeos, oligossacarídeos e polissacarídeos.

Monossacarídeos

São carboidratos simples, que não sofrem hidrólise, de fórmula geral Cn(H2O)n, onde n varia, geralmente de 3 a 7. As pentoses e as hexoses, respectivamente com 5 e 6 átomos de carbono em suas moléculas, são os monossacarídeos mais importantes e mais comuns nos seres vivos.
Observe abaixo alguns exemplos de monossacarídeos:

Monossacarídeos

Galactose (C6H12O6)- Ocorrência e papel biológico = É um dos componentes do açúcar do leite (lactose). Tem função enérgica.

Frutose (C6H12O6) – Ocorrência e papel biológico = Mel e frutos diversos. tem função energética.

Glicose (6H12O6) – Ocorrência e papel biológico = Mel e frutos diversos. Tem função energética.

Ribose (C5H12O5) – Ocorrência e papel biológico = componentes estrutural do ácido ribonucleico (RNA).

Desoxirribose (C5H12O4) – Ocorrência e papel biológico = Componente estrutural do ácido desoxirribonucleico (DNA). Não segue a fórmula geral dos monossacarídeos: Cn(H2O)n.

No sangue humano, a normoglicemia, isto é, a taxa normal de glicose, está compreendida entre 70 e 110 mg de glicose/ 100 ml de sangue. Essa taxa deve ser mantida, uma vez que certas células, como os neurônios (células nervosas) do cérebro, só utilizam glicose como fonte de energia.

Oligossacarídeos

Os oligossacarídeos (do grego oligo: poucos) são carboidratos formados pela junção de dois a dez monossacarídeos, que se separam por hidrólise. Os mais importantes oligossacarídeos para os seres vivos são os dissacarídeos, formados por dois monossacarídeos.
Observe abaixo, que mostra os principais dissacarídeos conhecidos:

Dissacarídeos :
Sacarose (glicose + frutose)- Ocorrência e papel biológico = É o açúcar de cana e da beterraba. tem função energética.

lactose (glicose+ galactose)- Ocorrência e papel biológico = É o açúcar do leite. Tem função energética.

Maltose (glicose + glicose ) - ocorrência e papel biológico = É obtido do amido por hidrólise. Tem função energética.

Polissacarídeos

Com fórmula geral igual a (C6H10O5), os polissacarídeos são macromoléculas formadas pela junção de muitos monossacarídeos.
Veja abaixo exemplo de importantes polissacarídeos:

Polissacarídeos

Amido - Ocorrência e papel biológico = É a reserva natural das plantas. Encontra-se armazenado em altas proporções em certos caules (como a mandioca) e em semente de cereais ( como o milho). É destituído de sabor e tem papel energético. Em sua constituição entram mais de 1.400 moléculas de glicose.

Celulose - Ocorrência e papel biológico = É o mas abundante polissacarídeos da natureza, abrangendo cerca de 50% do carbono orgânico da biosfera. Constitui o principal componente estrutural da parede celular das células vegetais. Contém cerca de 4.000 moléculas de glicose.

Glicogênio - Ocorrência e papel biológico= É o polissacarídeos de reserva dos animais em geral. Armazenado principalmente nas células do fígado e dos músculos, pode conter mais de 30.000 moléculas de glicose. Tem papel energético.

Ao contrário do amido, a celulose não é digerida ao longo do tubo digestório humano. Assim, não conseguimos aproveitar as moléculas de glicose que constituem esse polissacarídeo. Mas é importante uma ingestão adequada de fibras vegetais, uma vez que a celulose presente nessas fibras auxilia a formação de um maior volume de resíduos, fato que parece estimular o peristaltismo intestinal (Contrações involuntárias da musculatura intestinal), que promove o fluxo do alimento ao longo do intestino.
A alface, a Couve, o repolho, o brócoli, a goiaba, a maçã, a cenoura e a abóbora são alguns exemplos de alimentos ricos em fibras vegetais.

Fontes de consulta: Livro de Biologia/ Paulino

Postado por Karen Alves
Compartilhar no facebook
Biologia

6 comentários para “Bioquímica celular (Carboidratos) – Biologia”

  1. manuela disse:

    Muito legal

  2. ´´´´óooo disse:

    ppppppppppp

  3. tatu disse:

    Uma merda

  4. tatu disse:

    Capaz muito bão

  5. rock disse:

    é da pro gasto

  6. punk disse:

    espero que esse site me ajude a tirara uma nota boa no meu trabalho

Trackbacks/Pingbacks


Deixar um comentário

Curta no face

Receba resumos pelo e-mail

Coloque aqui o seu endereço de e-mail e receba nele explicações e resumos de matérias: