Categoria: | Explicações, Física, Resumos

A Conservação da Energia Mecânica

conservação da energia mecânica será possível quando as forças de atrito puderem ser consideradas desprezíveis. Dizemos, nestas situações, que o trabalho é realizado por forças conservativas, ou seja, a resultante que age sobre o sistema somente é composta por forças conservativas.
Por exemplo, durante a queda de um objeto em direção ao solo, desprezamos a resistência do ar e consideramos como única força atuante, a atração gravitacional, que é conservativa.
Desde forma, em qualquer instante da queda, podemos dizer que há conservação de energia mecânica do sistema.
Outra situação em que é possível admitir a conservação da energia mecênica é na compressão ou descompressão de um mola por um objeto, desde que as forças de atrito sejam consideradas desprezíveis.
Assim, toda a energia potencial elástica do sistema mola/objeto seria transformada em cinética do objeto, para o caso da descompressão e vice-versa, para o caso da compressão.
Quando a energia mecânica permanece constante, o sistema é chamado conservativo: as energias cinéticas e potencial variam, mas suas soma permanece constante. É o que acontece, por exemplo, no movimento de um corpo, sob ação de seu peso, quando não existem forças dissipativas, como força de atrito e força de resistência do ar.

—-

Postado por Karen Alves

Deixar um comentário

Curta no face

Receba resumos pelo e-mail

Coloque aqui o seu endereço de e-mail e receba nele explicações e resumos de matérias: